pes2017-barcelona-leyendas

Matias Morla, advogado de Diego Maradona, recusa ‘acerto’ com a KONAMI

Matias Morla é velho conhecido dos clubes e jogadores argentinos e é considerado um dos advogados mais casca-duras quando o assunto é defender legitimamente ou não o interesse de seus clientes. No caso, Diego Maradona.

A KONAMI por fim (apenas ontem, 21/04) admitiu que houve uma falha na interpretação dos direitos de uso de imagem de alguns atletas e agora corre para apagar o incêndio — além de analisar o uso indevido de imagem de mais de 60 atletas desde PES 2014.

Morla já deixou claro que não aceitará nada abaixo de 3 milhões de dólares e que usará o dinheiro para campos de futebol em bairros pobres da Grande Buenos Aires — vontade de Diego Maradona. A KONAMI ofereceu ao craque argentino o equivalente a 280 mil dólares mais um pedido formal de desculpas — refutado de cara por Morla.

Há a promessa da prestação imediata de contas do valor do processo ou até mesmo que a KONAMI faça isso e preste contas a Maradona.

A KONAMI pagará Maradona? Matias Morla acha que…

Não. A KONAMI vai empurrar com a barriga como empurra casos do Dennis Bergkamp e Ole Gunnar Solskjær. Matias Morla já usou os casos do holandês e do norueguês para mostrar que a KONAMI está longe de não saber a merda que fez.

Pode ser que com Don Diego batendo nela, os japas percebam que o buraco pode ficar maior, e já tem fórum xeneize que adotou o boicote a PES. Vale lembrar que embora FIFA já bata PES por 7/3 na Argentina, ainda é o segundo mercado dela após o Brasil.

Barcelona x Maradona x KONAMI: tem culpa eu?

Quem fez a cagada foi DE NOVO… Manorito Hosoda. O mesmo cara que fez o inferno para a saída de Erik Bladinieres — que por sua vez fechou as portas da CONMEBOL para PES. Já não é segredo que não teremos nenhum torneio da América do Sul em PES 2018, aliás – não haverá nenhuma liga nova ou novos estádios pois o departamento de licenciamentos da KONAMI está inativo desde a saída de Bladinieres.

Com isso, as vésperas de ‘mostrar’ teasers esperando a E3, a KONAMI amarga outro trimestre de vendas muito abaixo do esperado e ainda lida com a forçada de barra do Barcelona para se livrar da parceria atual que não rendeu frutos nem para um lado, nem para outro.

Por mais que o lixoso Adam Bhatti mereça todas as críticas possíveis — a culpa pela perda de Libertadores e La Liga Santnder é do Manorito Hosoda.

Aí KONAMI, paga o Diego.

Bundesliga em PES 2018? Não. Champions League e Europa League? Sim, mas no padrão atual e sem estádios das finais. No próximo post abordo integralmente o assunto.

2 cornetadas

  1. Paulo, leitores aqui são inteligentes pra saberem que a licitação da DFL para a licença exclusiva ou compartilhada da Bundesliga é para a versão “2019” dos games.

    Aliás, nocturno (no twitter) postou uma matéria MT esclarecedora do CEO da DFL, vejam lá (quem tiver twitter):

    1. Nananinanão! Já para este ano! A EA não está cumprindo o que foi acordado com a DFL e há cláusula de rescisão. Cadê o App oficial dos torcedores? Cadê o App Fantasy Game da Bundesliga que até agora tá mais enrolado que o Premier DFC? Eu tenho o argumento que produzo o game conforme pinga dinheiro — acho que esse não é o problema da EA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.